Curiosidade

A fantástica teoria da Viagem no Tempo e Universos Paralelos

 
 
 

E se tudo não for como pensamos que é? E se fosse possível viajar para outro universo ou para outra idade? A teoria diz que o espaço é curvo e, assim, o nosso universo é dobrado várias vezes sobre si mesmo, e que pode ser conectado a vários outros universos paralelos através de “túneis de tempo”, produzido por buracos negros e wormholes.

 
 
 
 

Um objeto de determinada massa e velocidade, quando move-se longe de qualquer outra massa, é um caminho quase reto. Ao aproximar-se um outro corpo, o caminho se tornando mais curvo. A massa parece curvar o espaço, e quanto maior e mais massa tiver, a curvatura se torna mais acentuada.

 
 
 
 

Uma estrela comum mantém graças as suas dimensões para o equilíbrio a sua temperatura central elevada, o que tende a se expandir a substância estelar, e a enorme atração gravitacional que tende a fazê-lo. Se em algum momento, a temperatura cai dentro da estrela e esse equilíbrio é perturbado, a gravidade irá ter vencido o jogo: a estrela começa a se contrair e sua estrutura atômica interna a se desintegrar. A estrela é agora uma “anã branca”.

 
 
 
 

Quando ocorrem os colapsos de anãs brancas, o campo gravitacional e a sua superfície é mais intensa e o cone de luz emitida migra ainda mais para dentro, tornando ainda mais difícil para o interior o vazamento de luz das estrelas. Finalmente, quando a estrela é reduzida a um ponto crítico, a gravidade é tão intensa que nenhuma luz pode escapar. Nem luz, nem qualquer outro objeto. Assim, temos uma região do espaço chamada de “buraco negro”.

 
 
 
 

O que os cientistas estão tentando iluminar as suas teorias, tentando responder o que acontece com a matéria da estrela que caiu no buraco negro. Porque a estrela da qual falamos anteriormente entrou em colapso, é então toda sua matéria foi engolida em um buraco negro que não pode deixar o material sair. Então, o que foi feito desse material  teve apenas dois caminhos a seguir: ou” desaparece de vez”, ou vai para outro lugar.

 
 
 
 
Ninguém pode acreditar que a enorme massa de uma estrela colapsada que caiu em seu próprio buraco negro, some de uma vez. E se isso não acontecer, o material não “morre”, então para onde ele vai?
 
 
 
 
O professor Stephen Hawking da Universidade de Cambridge, desenvolveu  alguns teoremas que determinam que dentro de buracos negros existe o que os matemáticos chamam de uma singularidade, um elemento que pode ser considerado como uma espécie de limite ou fronteira do espaço-tempo.
 
 
 
 

Mas os cientistas não concordam ainda sobre o significado físico deste conceito matemático chamado de singularidade. É o limite do universo? É tudo uma questão que atinge o estado de singularidade, desaparece novamente sem saber mais sobre ele, sem que seja possível traçar sua jornada final? Ou será que a singularidade é uma rachadura no universo, uma fratura, uma ruptura aberta? E, em caso afirmativo, o que está além? Há algo além do nosso tempo espaço?

 
 
 
 

A viagem no tempo através de buracos de minhoca, contém, para os matemáticos, uma série de chances de sucesso. É o triunfo da teoria. Os físicos, contudo, dizem que contradiz a realidade, pois os teoremas matemáticos brilhantes como o paradoxo mostra que, se provar a viabilidade da viagem no tempo, toda a solidez da física estaria ameaçada.

 
 
 
 
Um exemplo desses paradoxos é um muito conhecido: Imagine que o viajante no tempo em questão volte ao passado, na época em que sua mãe ainda era criança, é por algum motivo, a matasse. Se isso ocorrer, uma grande turbulência ocorreria, pois sua mãe não iria existir para que o nosso viajante do tempo pudesse nascer. Então, se ele não nasceu como poderia viajar no tempo?
 
 
 
 
Este é apenas um, de vários exemplos de paradoxos temporais. Mas muitos físicos defendem a teoria de que esses paradoxos poderiam ser evitados, pelo simples fato de que a viagem no tempo não ser possível. Se isso for verdade esqueçam toda a fantasia contida nos filmes de ficção, pois isso nunca seria realidade.
 
 
 
 
Mas se por um lado muitos discordam desta fantástica teoria, também existem defensores. Eles acha que a natureza sempre dará um jeito desses paradoxos temporais nunca acontecer. Pois existem algumas possibilidades que encorajam ainda mais os defensores dessa teoria.
 
 
 
 
Uma delas é a possibilidade de existirem multi-universos. Com isso, a possibilidade de se viajar no tempo ganha muito crédito, pois não correria o risco de acontecer paradoxos pois a realidade se mudaria em outro universo, sem afetar o equilíbrio temporal.
 
 
 
 
Mas se isso, de fato for verdade, quer dizer que existem copias de mim e de você espalhadas por muitos universos vivendo por ai. Exatamente essa possibilidade que torna a teoria mais fantástica. Se isso for verdade será possível então nos encontrarmos em outras dimensões, mas nós não seriamos os mesmos aqui, talvez teríamos outra vida, outro modo de viver em outras circunstancias.
 
 
 
 
Há também quem defenda a teoria do tempo alternativo, que fala que se mudarmos alguma coisa no passado que possa mudar totalmente o destino, o universo criará tempos alternativos. O tempo alternativo é a outra realidade em que as coisas tomarão rumo, sem interferir com a realidade em que o viajante do tempo deixou.
 
 
 
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s